6 dicas para se especializar em Colorimetria

Para cuidar da beleza, estamos sempre em busca de aperfeiçoamento e técnicas e procedimentos. E quando o assunto é saúde e estética dos cabelos, requer muita pesquisa e prática. Por isso, os cabeleireiros são os especialistas em produtos e técnicas, por terem noção real do que cada cabelo precisa. Principalmente quando o assunto é coloração e descoloração.

A reputação de um salão de beleza está relacionada ao tratamento dado aos clientes e, principalmente, ao resultado garantido nos procedimentos realizados. Quanto mais aprendizado puder absorver, menores as chances de erro.

É importante ter o diagnóstico do cabelo da cliente, fazendo uma avaliação das características presentes e as desejadas dos fios. É importante isso, pois você terá uma noção da estrutura do fio, para saber qual técnica utilizar. Para quem ainda tem alguma dificuldade, e para nada passar batido, vamos dar algumas dicas para você arrasar nos processos de coloração:

Analise bem a cor do cabelo: não é aconselhado fugir drasticamente da cor natural do cabelo, porque isso pode causar certo impacto negativo e o cabelo também pode sofrer com isso. É preciso fazer essa análise minuciosa para não errar a mão na hora da coloração.

Nuances: é preciso fazer uma descoloração prévia na cor original dos fios e aí sim fazer a coloração. Se não for feito esse procedimento, os cabelos ficaram manchados.

Fique atento aso números que correspondem às cores: use e abuse dos conceitos aprendidos de colorimetria (ensinamos em nossos workshops pelo Brasil), pois fica mais fácil calcular os tons para chegar na cor desejada.

Use produtos de qualidade: colorações, ox, matizadores, tonalizantes, descolorante… ter qualidade e estar no prazo de validade é de fundamental importância para garantir uma tonalidade bonita e fiel às expectativas. Também é importante que o armazenamento seja feito de forma correta.

Não se esqueça do teste de mechas: dessa forma você descarta a possibilidade de reação alérgica da cliente e também não erra a mão de uma marca para a outra, pois existem diferença entre as tonalidades.

Esteja sempre em prática: o famoso ditado “é errando que se aprende” e você só vai chegar à perfeição praticando. Tem que experimentar, testar, errar até chegar onde quer. Mas faça esse teste em cabelos sintéticos ou mechas descartadas nos cortes que faz em seu salão.

É de suma importância saber calcular as cores das colorações e prever seus efeitos nos fios para poder alcançar bons resultados. Por isso você profissional é o mais indicado para fazer esse procedimento, pois conhece as diferentes texturas e estruturas de cada cabelo. A partir do seu conhecimento em Colorimetria, você consegue usar a criatividade para fazer tonalidades diferentes e corrigir tons indesejáveis.

As vantagens de saber o cálculo certo da coloração:

– Madeixas com saúde e beleza por mais tempo

– Menores chances de erro

– Economia de produto, pois consegue usar as sobras de colorações das misturas anteriores.

Conheça toda a linha da Minas Color, nossa linha de coloração e descoloração.

Deixe uma resposta